Greve Geral reúne centenas de manifestantes em Manaus contra reformas e Fora Temer

A Praça da Saudade, na avenida Epaminondas, Centro, Zona Sul de Manaus, foi o ponto de partida para a manifestação “Greve Geral” promovida por seis centrais sindicais, entre elas a União Geral dos Trabalhadores (UGT-AM), com apoio de diversos movimentos populares, na manhã desta sexta-feira (30).

Em todo o Brasil, trabalhadores e sindicalistas fizeram passeatas e manifestações contra a reforma da Previdência Social, a reforma trabalhista e pela saída do presidente Michel Temer da Presidência da República. Foi a segunda iniciativa do tipo apenas este ano.

Em Manaus, aproximadamente 20 categorias foram representadas por profissionais e por sindicalistas que se juntaram a outros cinco grupos de lutas populares.

O bloco de manifestantes em Manaus saiu em caminhada, por volta das 9h30, até o Terminal de Integração da avenida Constantino Nery (T1), onde prestaram apoio aos rodoviários, que, impedidos de novas paralisações por conta de um alvará da justiça, não suspendeu as atividades.

A caminhada pela capital do Amazonas percorreu as avenidas Ferreira Pena, Leonardo Malcher, Epaminondas e sete de setembro. Algumas vias ficaram congestionadas e precisaram da intervenção do Instituto Municipal de Engenharia do Trânsito de Manaus (Manaustrans).

Atividades culturais aconteceram na praça do Congresso pela parte da tarde e à noite. Dança, poesia e outras expressões artísticas tomararam conta do espaço público.

Fonte: Em Tempo

Entre em Contato

Fale Conosco

Fale com o Presidente

UGT Amazonas
Endereço: Av. Tarumã, 779 - Centro, Manaus - AM, 69025-040
Telefone:(92) 3084-4029